A terra de todos os Santos: Salvador – Bahia

       

Olá destinados!
Hoje nosso post viagem é sobre Salvador, Bahia. Com a alta do dólar nada melhor do que aproveitar nossos destinos nacionais.
Salvador é uma cidade linda, rica de história e cultura. Uma escolha certa pra quem deseja um destino bom, bonito e barato.

Basílica Nosso Senhor do Bonfim (800x450)
Entrada da Basílica Nosso Senhor do Bonfim
Centro histórico
Centro histórico

A cidade é famosa pelo Pelourinho, o centro da cultura africana no Brasil, fica no centro histórico e lá só se transita a pé.
No centro você vai encontrar vários museus, igrejas, lojinhas e construções antigas. Vá de tênis pra caminhar pelas vielas… Não deixe de visitar a Igreja e Convento de São Francisco. A igreja de estilo barroco tem decoração de ouro por dentro. Um trabalho tão detalhado que impressiona demais.
Também tem a Basílica Nosso Senhor do Bonfim, a mais tradicional de Salvador, suas grades da entrada tem várias fitas do Senhor do Bonfim amarradas, ninguém resiste a fotos por ali. Ah! E não deixe de trazer as fitinhas como lembrança aos amigos.
Outra opção é o elevador Lacerda, o primeiro do Brasil, construído em 1873, não fomos, dizem ser interessante. Ficará pra próxima visita.

Para o passeio no centro histórico recomendamos comprar um pacote com guia, assim fica mais interessante, pois eles contam a história de cada ponto, além de ser mais seguro.

Basílica Senhor do Bonfim
Basílica Nosso Senhor do Bonfim
Igreja e Convento São Francisco
Igreja e Convento São Francisco – Toda de ouro

Para termos flexibilidade em se deslocar e conhecermos as praias da região optamos pela locação de carro. E foi ótimo! Valeu o custo benefício. Lá o transporte público não é tão interessante e se depender de táxi fica caro ir longe.
Com o carro fizemos tudo o que queríamos e saiu barato. Próximo a Salvador tem praias lindas e imperdíveis. As que mais curtimos foram a Barra do Jacuípe e Arembepe.

Jacuípe: Fica a 58 km de Salvador. O encontro do Rio Jacuípe com o mar proporciona uma das mais belas paisagens do Litoral Norte! Águas paradas e muitos coqueiros fecham o cenário perfeito! E o melhor, não é cheia de turista. Ver o pôr do sol por lá é uma ótima pedida!

Arembepe: Fica a 46 km de Salvador. Conhecida pela sua aldeia hippie, encantou e abrigou Mick Jagger e Keith Richards em 1968, e a roqueira Janes Joplin em 1970. O clima por lá é bem paz e amor mesmo, a orla da praia é cheia de restaurantes “pé na areia”, delícia pra almoçar.

Barra do Jacuípe
Barra do Jacuípe
Cabana - Barra do Jacuípe
Cabana – Barra do Jacuípe
Arembepe
Arembepe

Em relação a comida, o tempero baiano é delicioso! Não deixe de ir no tabuleiro das baianas. Em cada esquina tem uma. Acarajé, abará e o bolinho de estudante, um bolinho doce bem gostoso feito de tapioca são obrigação comer. Se quiser procure a Cira ou a Mary, baianas famosas por seus tabuleiros tradicionais na cidade!
Nas praias ao redor você vai poder se deliciar com peixe, camarão, moqueca e patolas de caranguejo!! Hummm…

Patolas de Caranguejo - Arembepe
Patolas de Caranguejo – Arembepe
Acarajé da Mary
Acarajé da Mary

Já sobre segurança… a história não é bacana. E quando chegar lá você ouvirá a mesma coisa que ler aqui. Não dê bobeira com sua máquina digital e celular, principalmente na praia. O pessoal do hotel nos aterrorizou tanto que saímos apenas com o celular algumas vezes, mas não se desespere, basta estar bem atento na rua!
Sofremos uma “quase” tentativa de assalto voltando de Jacuípe para Salvador. Estávamos no carro com o GPS quando um motoqueiro com garupa encostou do lado do motorista e gritou algo, a sorte é que o semáforo abriu e nossa fila andou… Então, se estiverem de carro, fechem os vidros!
Já na rua o assédio dos vendedores é enorme, ainda mais no centro histórico, não deixe que coloquem nenhuma fitinha do Bonfim em você, eles dizem ser “presente” e uma vez no seu pulso, meu amigo, vai custar bem caro esse “presente”. Você será muito abordado, diga não, agradeça e continue sua caminhada, se parar para ouvi-los vai demorar para se livrar.

Como Chegar: Há voos diretos partindo da maioria dos aeroportos brasileiros. Azul, Gol e TAM costumam operar diariamente pra lá. Para as praias a BA-90 é a que faz ligação com Salvador.

Onde ficar: O bairro da Barra é boa pedida. Fuja do centro histórico, apesar de ser do lado das atrações turísticas é mal cuidado e perigoso.

Data da nossa visita: Dezembro de 2013.

Barra do Jacuípe - Fim de tarde (800x600)
Barra do Jacuípe – Fim de tarde (800×600)
Estradas bem cuidadas
Estradas bem cuidadas
Vista para o Rio Vermelho
Vista para o Rio Vermelho
caixa-de-pesquisa-do-booking-1
Reserve aqui o seu hotel
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s