Fotografia – A arte pelos olhos

A história da fotografia começou por volta de 1000 anos atrás quando o árabe Alhaken Basora começou a perceber algo parecido com uma máquina fotográfica, era o sol passando pelas frestas de sua tenda e formando desenhos na parede, assim surgiu o primeiro relato do que mais tarde seria uma câmera fotográfica. O significado de câmara é pequeno quarto. Leonardo da Vinci e outros renomados pintores utilizam a “câmara escura” antes de existir a fotografia para desenhar, essa câmara projetava imagens através da luz.

Algum tempo depois, por volta de 1830 os artistas Niepce e Louis-Jacques Mandé Daguerre iniciaram suas pesquisas, num processo que mais tarde recebeu o nome de daguerreótipo. A ideia consistia numa placa de prata e ouro exposta a vapores de iodo fazendo com que essa placa escurecesse seletivamente produzindo uma imagem. Foi um super avanço, mas o processo demorava em torno de 30 minutos. Onze anos mais tarde William Talbot lançou sua experiência chamada de calótipos, onde se obtinha negativos de imagens que eram passados a positivos em outras folhas. Desde então os negativos começaram a ser pesquisados a ponto de serem sensíveis ao ponto de uma impressão rápida. Em 1848, o escultor inglês Frederick Archer criou um processo chamado de colódio úmido o qual. O colódio, um composto por partes iguais de éter e álcool numa solução de nitrato e celulose era empregado como substância ligante para fazer aderir o nitrato de prata fotossensível à chapa de vidro que constituía a base do negativo. Mas esse processo de revelação tinha de ser feito logo após a tomada da fotografia.
Desde então o processo com colódio foi evoluindo até se tornar colorido, vermelho e azul.

E assim, de forma lenta e sutil surgiu uma das mais belas formas de arte: a fotografia. Captando a alma e o coração do fotógrafo através das lentes, a beleza das formas e a delicadeza das cenas eternizadas pelos poetas de imagens.

Seja por hobby ou profissão a fotografia tem se dissipado mundo a fora pela internet e o olhar sobre o mundo ganha o colorido e a interpretação de quem o vê.

Hoje o Destinadosblog traz a vocês um dos novos nomes da fotografia paranaense, Dionele Nascimento, parnanguara, 47 anos, atua no ramo desde 1999. Tem um olhar sensível, uma paciência enorme e uma sutileza para captar tanto paisagens como pessoas como poucos.

Ela foi a fotógrafa do nosso book pré casamento e também da cerimônia. Super querida e recomendadíssima.
Faz ensaios de gestantes, recém-nascidos, crianças, casais e eventos.

Contato: Facebook Dionele Nascimento Fotografia.
Facebook Dionele Nascimento (Pessoal).

E para quem gosta de exposições fica a dica dos museus de Curitiba e São Paulo.

Museu da Fotografia – Curitiba/PR: Clique aqui.

Museu da Imagem e do Som – São Paulo: Clique aqui.

-Fonte (história da foto): InfoEscola

Book dia da noiva
Dia da noiva – Letticia
Casamento Letticia e Marlon
Casamento Letticia e Marlon
Book recém nascido
Book recém nascido
Exposição Dio Nascimento
Exposição Dio Nascimento
Pôr do sol
Pôr do sol
Book casal
Book Letticia e Marlon
Dionele Nascimento
Dionele Nascimento
Book recém nascido
Book recém nascido
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s